Tarzan italiano entra no ‘BBB 19’ e diz que pode beijar sister: ‘Por que não arriscar?’

‘Vai ser belíssimo!”, exclama Alberto Mezzetti sobre sua participação no “BBB 19”. E não é que ele tem toda razão? Dá uma espiadinha nas fotos do italiano… Campeão da 15ª edição do “Grande Fratello”, o “Big Brother” da Itália, no ano passado, o modelo e empresário, também conhecido como Tarzan de Viterbo (sua cidade natal, a 66km de Roma), vai passar uns dias na casa brasileira com os nove participantes remanescentes. Se faltava homem no confinamento (agora, são três para seis mulheres), parece que os problemas das sisters acabaram, não é mesmo?!

— Sou um grande admirador das mulheres. Elas são inteligentes, têm um discurso mais profundo que o dos homens. De uma maneira geral, me relaciono muito bem com elas. No “Big Brother Brasil”, quero me relacionar com todo o grupo e, se gostar de alguma menina, por que não arriscar? — insinua-se o louro, que se diz solteiro e causou ao beijar duas participantes no reality italiano, além de flertar com a apresentadora do programa, Barbara D’Urso, de 61 anos.

Mazzetti, que está no Brasil pela primeira vez, está empolgadíssimo com a oportunidade de conhecer o país e, de quebra, voltar aos holofotes no reality, diz o Extra.

— É como realizar dois sonhos ao mesmo tempo: conhecer o país e entrar no “BBB”. A experiência que tive no “Grande Fratello” foi magnífica! Sem contar que é muito bom passar um período em uma casa sem ter grandes preocupações, só aproveitando, e não pensando nas contas de luz e água a pagar, sem despesas (risos). Isso é belíssimo! — diz ele, acrescentando: — Vou ter a oportunidade de sentir como vive o brasileiro, conhecer mais a cultura. Vai ser um sonho!

No período em que esteve na versão italiana do programa, Tarzan fez amigos e se mostrou leal. Seu jeito espontâneo lhe rendeu indicações a todos os paredões, mas sua personalidade, meio extravagante, meio inocente, é apontada como causa de sua vitória. Por aqui, o bonitão já fez uma lista do que pretende fazer e acontecer:

— Vou cozinhar, dançar, comer, cantar e, quem sabe, beijar. Vai ser um tempo de divertimento e muita distração. Acho que não tem nada que eu não faria (lá dentro), porque estar no “Big Brother” é um privilégio. Sou uma pessoa de muita sorte.

Sobre a diferença de idiomas, Tarzan acredita que não será impedimento para um bom relacionamento com os brothers. Até porque, ele afirma, o povo brasileiro é muito parecido com o italiano:

— Na minha opinião, nós temos a mesma intensidade, a mesma felicidade, personalidades muito similares. Em todo o mundo, quem não encontra uma forma de se comunicar se dá mal. O importante é se fazer entender. Os animais se entendem e, muitas vezes, pessoas que falam a mesma língua não se entendem.

Tarzan acredita que o estranhamento inicial será superado com bom humor.

— No primeiro dia, acho que vai ser um pouco difícil a comunicação, mas vai ser interessante ver, com o passar do tempo, como vamos encontrar uma forma divertida de nos comunicarmos. Loucos se entendem bem (risos). Eles verem uma pessoa diferente depois de dois meses só olhando os mesmos rostos dá uma adrenalina — opina o louro, que tem uma tatuagem num lugar bem inusitado. Já espiou?

15/03/2019

(Visited 2 times, 1 visits today)